Uso da Terra

Em consonância com as distintas realidades socioambientais e econômicas destacadas nos três Ecopolos, o uso da terra da APA do Pratigi também apresenta o mesmo padrão formando mosaicos bastante heterogêneos, destacando o Ecopolo I que apresenta os níveis de fragmentação florestal mais elevados, com extensas áreas ocupadas por pastagens improdutivas, ocasionadas provavelmente por falta de orientação técnica e tecnologia adequada no trato do solo.

O Ecopolo I está entre as áreas mais degradadas da APA do Pratigi, apresentando baixos índices de cobertura florestal (25%), quando a médica na APA é de 55% e alta concentração de pastagens degradadas (15% a 20%). Estudo realizado em 2010 e 2011 para avaliar os serviços ecossistêmicos na bacia do Rio Juliana revelou que áreas dos divisores de drenagem do Rio Juliana nesse Ecopolo estão entre as áreas mais ambientalmente vulneráveis da Bacia. 

 

Sustentabilidade que assegura o futuro

Sustentabilidade que assegura o futuro

Princípios e conceitos, principais resultados e projeções para o futuro.

Parceiros