Conheça a iniciativa

O Carbono Neutro Pratigi existe desde 2012 e recupera nascentes degradadas na Área de Proteção Ambiental do Pratigi. Leia mais!

 

O  Carbono Neutro Pratigi existe desde 2012, tendo a premissa de neutralizar e compensar as emissões de Gases de Efeito Estufa (GEEs) de pessoas física, jurídica e eventos corporativos através do reflorestamento com o plantio de espécies arbóreas nativas na Área de Proteção Ambiental (APA) do Pratigi.A iniciativa faz parte do Programa de PSA da OCT.

Pessoas físicas e eventos corporativos calculam sua pegada de carbono em uma calculadora eletrônica disponível no site da instituição, enquanto pessoas jurídicas devem realizar o inventário de emissões.

O objetivo principal do Projeto é recuperação de áreas degradadas em Áreas de Preservação Permanente (APPs) de nascentes em pequenas propriedades rurais incentivadas pelo Pagamento de Serviços Ambientais (PSA) prestados pelos produtores locais.

Complementarmente, o Programa propõe a valoração da floresta em pé, buscando estimular cadeias e arranjos produtivos locais através de ferramentas econômicas de conservação norteadas pelos preceitos do BioComércio, desenvolvimento social e mitigação de mudanças climáticas.

O Carbono Neutro Pratigi utiliza a metodologia de reflorestamento do Pacto para a Restauração da Mata Atlântica. A OCT prevê que em um hectare restaurado, após 30 anos, é capaz de sequestrar até 275,1 tonleadas de CO2. 

A iniciativa oferece ainda a opção de comercialização de créditos de carbono florestal no âmbito do mercado voluntário, sendo certificado nos padrões CCB e VCS. Tais certificações intenacionais proporcionaram ainda mais credibilidade ao Carbono Neutro Pratigi, visto que tal selo conota a APA do Pratigi como território certificado e apto para projetos de carbono florestal, por meio da recuperação de áreas degradadas, além de demonstrar a transparência das ações executadas pela OCT. 

 

Parceiros