PPBio

A APA do Pratigi terá todo seu patrimônio ambiental e genético conhecido, mapeado, diagnosticado e sendo monitorado, o que a colocará em posição de destaque no cenário nacional e internacional.

A Área de Proteção Ambiental do Pratigi e mais três áreas da Mata Atlântica estão conectadas através de uma grande rede de pesquisa com objetivos de longo prazo: a Rede de Biodiversidade da Mata Atlântica (Rede BioM.A.), projeto ligado ao Programa de Pesquisa em Biodiversidade (PPBio) e do Ministério da Ciência Tecnologia e Informação (MCT). O PPBio é promovido pelo Conselho Nacional de Pesquisa Científica (CNPQ).

O passo inicial dado pela OCT junto com a UEFS e UFRB em 2012 foi fundamental para a região ser elencada entre as quatro áreas da Mata Atlântica que terão pesquisas aplicadas a conservação, conhecimento e uso da biodiversidade, com recursos diretos do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e MCT.As pesquisas serão conduzidas por professores de renome nacional ligados à, UEFS, Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

A APA do Pratigi possui importante relevância ambiental, uma vez que a mesma detém mais 50% dos fragmentos florestais do Baixo Sul da Bahia representando menos de 20% do seu território, além de contar com grande diversidade de espécies de aves, mamíferos, répteis e invertebrados contrastando com a alta pressão antrópica. E uma vez que a Rede tem como principais objetivos apoiar à implantação e manutenção de redes de inventário da biota da Mata Atlântica e modernização de acervos biológicos, a OCT teve fundamental importância nessa parceria, a partir do momento em que promoveu toda a articulação para que a APA do Pratigi se credenciasse como uma das áreas aptas no Brasil.

O projeto está alicerçado em quatro pilares: Inventários de Grupos Taxonômicos (mamíferos, aves, anfíbios e drosófilas), Coleções Científicas (manutenção e modernização), Mudanças Climáticas (monitoramento a longo prazo de populações e comunidades Bióticas) e Uso da Terra (estudos dos padrões e processos espaciais e temporais ligados à diminuição e isolamento das populações).“ A OCT entrará com o apoio logístico e de infraestrutura física na APA e nas análises dos cenários de mudanças climáticas e uso da terra.

Sustentabilidade que assegura o futuro

Sustentabilidade que assegura o futuro

Princípios e conceitos, principais resultados e projeções para o futuro.

Parceiros